Allods - MMORPG
Quisque lobortis sollicitudin ante at semper. Suspendisse id purus sapien, dapibus auctor elit.

Demônios Astrais 02

Demônios Astrais, parte 02

O legado de Junes

Por milhares de anos, Tka-Rik foi o Grande Mago de um pequeno allod perdido chamado Gipat. Vivendo como um eremita, ele evitava a companhia dos habitantes de seu allod e dos Grandes Magos. Ele enfrentou os demônios sozinho e falhou. Mortalmente ferido, contatou Skrakan e contou-lhe sobre o livro que havia escrito em sua solidão: "Revelações sobre a Natureza de Sarnaut", que mais tarde seria conhecido como "A Revelação de Tka-rik".

O livro, ele disse a Skrakan, poderia ser localizado em Gipat. Tka-rik passou a vida blindando aquelas ruínas e se esforçou para que elas continuassem protegidas após a sua morte. Enquanto ele definhava, Gipat era dilacerado, as terras do norte e oeste se partindo no Astral. Apenas um pequeno allod restou, protegido pela Vontade de Tka-rik, e foi lá que Skrakan enviou suas tropas para vasculhar. No ano de 965, um navio da Liga finalmente esbarrou no minúsculo e praticamente desconhecido allod, dando início a uma profunda expedição às suas ruínas. Dentro de algumas semanas, as Revelações foram entregues a Skrakan, que ficou espantado com a descoberta:

"Eu sou o último dos Junes e já passou da hora de eu me arrepender dos meus pecados. Dois mil anos antes do Grande Cataclismo dilacerar nosso mundo, os Grandes Magos da nossa civilização abriram uma porta para outro mundo. Eles estavam em busca de poder e autoridade, e encontraram um mundo cheio com um pulso primordial de energia que nos daria o que era necessário. Nós usamos esta energia e daquele lugar os demônios - nossa maldição - saíram. Ele abrigava os espíritos elementais puros do Mal e Destruição.

Fomos pegos de surpresa, quando eles vieram. Os Grandes Magos de Junes, eu entre eles, conseguimos fechar os portões, mas era tarde demais. Aqueles que haviam quebrado a barreira devastavam minha nação: matando homens, mulheres e crianças por onde passavam.

Durante centenas de anos, nós caçamos os demônios, mas nós mesmos éramos caçados. Nossa eventual vitória custou caro, os Junes foram praticamente aniquilados e escondemos seu destino daqueles que posteriormente viriam às nossas terras.

Quando o Grande Cataclismo devastou o mundo, as magias de proteção enfraqueceram e as portas reabriram. Compreendi assim que vi o Astral engolir grandes extensões de Sarnaut: o Astral em si é o pulso primordial, a energia que alimentava o mundo deles e os próprios demônios.

Corri para Gipat e me escondi. Minha covardia alimentou meu silêncio, eu temia assumir a culpa da minha nação e por isso não consegui alertar sobre a ameaça demoníaca.

Trezentos anos atrás eu lutei contra outro demônio Astral, lado a lado com Zak, meu último compatriota. Agora ele está morto e eu sou o último dos Junes. Quando os demônios atacaram novamente em Umoira, eu sabia o que devia fazer.

Eu não posso manter esse segredo por mais tempo. A queda dos Junes não deve mais permanecer em segredo, seus crimes devem ser revelados. Os demônios Astrais retornarão e vão atacar novamente."

A última página de "As Revelações de Tka-rik" foi escrita apressadamente, obviamente nos momentos finais da vida do Mago.

"Skrakan, eu acredito que você vai encontrar este livro. Os demônios invadiram o nosso mundo através de um portal que deve ser fechado novamente. O Junes não deixaram nada além de um legado de destruição, e por isso, estou profundamente arrependido ..."

Skrakan trouxe à tona "As Revelações de Tka-rik" e na aurora da compreensão o conflito entre a Liga e o Império se dissolveu. O nome dos Junes tornou-se uma maldição e todas as raças perceberam a necessidade de se unir como nunca. A grande campanha iria se aventurar enfrentando a ameaça demoníaca.

O ano de 966 é mais bem lembrado pelo encontro entre Skrakan e Nezeb, que assinaram o famoso tratado. Navios de ambas as nações grandes foram enviados para descobrir os portões e, uma vez encontrados, uma enorme e unida armada se estendeu por todo o Astral, enquanto os exércitos se encaminhavam para selá-los para sempre.

Ambas as facções apoiaram a campanha sem inibição. Eles acumularam um exército como nunca se viu. Grandes Magos sobre Grandes Magos, tanto os velhos e enrugados quanto os jovens e energéticos ficaram nas pontes de formidáveis Navios Astrais. Skrakan e Nezeb lideraram essa força poderosa, deixando para trás Aidenus e Yasker para vigiar suas cidades.

Quando os navios de aproximaram, enfrentaram uma oposição feroz dos demônios. Soldados de ambos lados morreram, mas unidos, sua força era imbatível. Eles alcançaram os Portões de Junes, e enquanto os exércitos combatiam os demônios na baía, Skrakan e Nezeb se esforçavam para completar o ritual. Falharam diversas vezes, mas persistiram até que, finalmente, os Portões foram fechados. A vitória, entretanto, teve seu preço.

Aqueles que aguardavam em casa viram os navios no horizonte e comemoraram. Seus heróis haviam retornado e eram vitoriosos. Foi só quando os navios se aproximaram do porto e as grandes velas negras podiam ser vistas claramente que o luto começou.

Quando os Portões foram fechados, todos aqueles que estavam sobre o allod pereceram. E todos os navios acima do allod foram engolidos por uma tempestade Astral gigantesca. Somente aqueles à beira da batalha conseguiram escapar. Mas eles deram suas vidas para preservar a de tantos outros. Com as portas fechadas, a ameaça dos demônios Astrais começou a se dissipar. Apesar de ainda prosperarem no espaço Astral, eles já não eram mais tão poderosos ou numerosos quanto antes.

 

Próximo capítulo: A Experiência de Tep

  • Introdução
  • Capítulo 1
  • Capítulo 2
  • Capítulo 3
  • Capítulo 4
  • Capítulo 5
  • Capítulo 6
  • Capítulo 7
  • Demônios Astrais 1
  • Demônios Astrais 2
  • Experiência TED
  • Evolução
Jogue de graça
Crie sua Conta
Download Allods
Compre Cash
Acesse sua conta
  • Twitter
  • Youtube
  • Orkut